NOTÍCIAS

QUARTO DE CRIANÇA INTERATIVO: BOM PARA O DESENVOLVIMENTO

Studio Amazonas Mattos

 

Tornar o quarto dos pequenos mais interativo é uma atitude que pode impulsioná-los a desenvolver diversas habilidades, como autoconfiança e autoconhecimento. Além disso, esse tipo de ação dentro de casa também ajuda no desenvolvimento da coordenação motora, já que a maioria dos objetos estarão, propositalmente, ao alcance da mão e visão das crianças.

“Tem que ser um ambiente cheio de estímulos e muito conforto. A criança precisa se sentir à vontade ali”, afirma a arquiteta Juliana Mattos, que é adepta ao estilo Montessoriano – espaço planejado para atender as necessidades infantis e despertar a interação e interesse deles pelo mundo.

De acordo com ela, o espelho com uma barra na altura da criança, por exemplo, é uma boa opção para aqueles que estão aprendendo a andar e, com isso, conseguem se levantar com mais segurança. “Outro item que traz aconchego e pode virar um passatempo é o tapete interativo, com estampa de letrinhas ou desenhos lúdicos”, sugere.

Para completar, no lugar de camas altas e tradicionais, o recomendado por Juliana são colchões próximos ao chão. “Dessa forma eles podem ir deitar e levantar sozinhos, sem a ajuda de um adulto. Já os pais ficam despreocupados do risco de caírem da cama”, explica.

O modelo em formato de casinha e cerquinha lateral é o mais pedido, segundo ela. “O móvel é lúdico e vai deixar a decoração mais divertida. Cores e estampas também deixam o quarto mais alegre e atrativo”, finaliza.

As arquitetas Rebecca Amazonas e Juliana Mattos_crédito Bruno Coelho

 

COMENTÁRIOS