NOTÍCIAS

CELEBRIDADES ASSUMEM CABELOS GRISALHOS

Preta Gil e Suzana Alves exibiram seus fios brancos nas redes sociais. Fotos: reprodução Instagram
 
Expert em beleza destaca que fios sem pigmentação exigem cuidados para se manterem sedosos e brilhosos. Terapeuta corporal reforça que assumir os fios brancos é um processo de autoconhecimento
 
Até então tendência entre mulheres maduras, os fios grisalhos ganharam adeptas mais jovens nesta quarentena, como as atrizes Tatá Werneck e Suzana Alves, além da cantora Preta Gil. Mas, diferente do que muitas pessoas pensam, manter os fios brancos pede cuidados especiais.
A expert em beleza Juliana Brasil explica que os fios sem pigmentação exigem atenção especial para se manterem sedosos e brilhosos. Segundo ela, madeixas grisalhas pedem uso constante de xampus de cor cinza ou roxa para diminuir o amarelado. "Também é necessário hidratação extra, pois os fios sem melaninas são mais frágeis e perdem fibra capilar, que precisa ser reposta com tratamento adequado", diz.

Para o uso diário, a especialista orienta o uso de xampus e condicionadores com ingredientes altamente nutritivos, como a manteiga de karitê. "O cabelo grisalho é muito elegante e fica ainda mais charmoso – como todos os tons – se for bem cuidado", destaca Juliana Brasil.

Aceitação

A pessoa – especialmente a mulher - aceitar os fios brancos e se perceber autêntica com esse visual natural é uma das etapas de autoconhecimento. A afirmação é da terapeuta Gislene Ataíde. "Assumir os cabelos grisalhos ela está indo contra a corrente que entende que o correto é pintar esses fios despigmentados, já que, de forma equivocada, a maioria das pessoas liga esses fios brancos à idade", explica a especialista, destacando que há pessoas jovens que são grisalhas.

Gislene Ataíde reforça que essa desconstrução de padrões impostos pela sociedade é algo profundo e marcante, especialmente para a mulher que, historicamente é cobrada pela sociedade. "É um processo de transição desafiante e ao mesmo tempo libertador", pontua a especialista.

COMENTÁRIOS