NOTÍCIAS

INVERNO: TEMPORADA DE CIRURGIAS PLÁSTICAS

Fundo foto criado por nensuria - br.freepik.com">Crédito da foto

 

 Com o clima mais ameno, a época é a mais procurada para a realização de procedimentos estéticos

Com o inverno se aproximando, a procura por cirurgias plásticas aumenta em até 50%, de acordo com o levantamento da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP). O que explica esse fato é que, além das pessoas desejarem entrar no verão com o corpo perfeito, nessa época do ano, a pausa do período escolar no Brasil e as férias no exterior coincidem, ocasionando um aumento do número de jovens que realizam cirurgias, conforme explica o cirurgião plástico Ariosto Santos.

“Durante as férias escolares, o percentual de procedimentos em pessoas menores de 18 anos salta de 13% para 30%, aumentando a cada ano. Os procedimentos, muitas vezes, vão além da estética, trazendo vantagens à saúde do adolescente. Outro ponto a ser avaliado é a questão da autoestima e os benefícios psicológicos”, explica Ariosto Santos.

Outros fatores também contribuem para que essa estação seja considerada ideal para a realização de procedimentos estéticos. Por exemplo, devido as baixas temperaturas, os edemas, inchaços e o desconforto, naturais do pós – operatório, são amenizados. Enquanto que as altas temperaturas contribuem para a dilatação dos vasos sanguíneos e a retenção de líquido levando ao inchaço.

Além disso, algumas cirurgias, como abdominoplastia e lipoaspiração, exigem o uso da cinta, e no inverno ela incomoda menos e é mais fácil ser disfarçada por baixo das roupas de frio. O clima ainda favorece o repouso, indispensável para a completa recuperação. Quando feitas nesse período, os pacientes conseguem chegar ao verão com o corpo, que no conceito de cada, seria o ideal.

Ariosto Santos- Credito Rocio Fotografia

Segundo o especialista, após o procedimento, o sol fica proibido por alguns meses, para não prejudicar a cicatrização e, também, evitar manchas na pele, dependendo da intervenção estética realizada. Entre junho e setembro, a incidência dos raios e a exposição do corpo a eles é menor, o que não exclui a necessidade de seguir todas as recomendações médicas.

Para quem pretende fazer cirurgia plástica nesse período, a orientação é marcar a operação antecipadamente e adiantar todos os exames médicos. Mas, apesar das diversas vantagens, nada impede que os procedimentos sejam realizados em outras estações. O essencial é passar pelo acompanhamento de um profissional especializado e seguir à risca todas as orientações médicas.

 

COMENTÁRIOS