NOTÍCIAS

EXPOSIÇÃO REÚNE CERCA DE 240 RARIDADES QUE VÃO A LEILÃO EM VITÓRIA

Guilherme Secchin, OST, 'Drive on-Noturno'

 

Escultura original do Nepal, pinturas e mais de 70 móveis, datados de períodos que vão do Imperial até a década de 1970 com assinatura de designers, fazem parte do acervo do Leilão que estará em exposição entre os dias 14 e 19 de agosto, no Empório das Artes, no primeiro piso do Shopping Vitória

Os leilões são oportunidades únicas para encontrar peças exclusivas por preços atrativos, valor agregado e que podem voltar a ser comercializados no futuro. Os acervos colocados à disposição para arremate enchem os olhos e despertam a atenção especialmente dos apreciadores e colecionadores de arte e objetos históricos. Entre os dias 14 e 19 de agosto, o Empório das Artes realiza exposição de raridades que serão leiloadas no próximo dia 20, às 20 horas, no primeiro piso do Shopping Vitória, sob o comando do leiloeiro Mauro Cesar Rocha e Flavia Rocha. Quadros de artistas renomados, esculturas e móveis, datados de períodos que vão do Imperial até a década de 70, figuram entre os destaques. A disputa pela serigrafia “São João Batista”, de Cândido Portinari, editada por Mario De La Parra, promete ser acirrada: a obra tem tiragem limitada de 50 exemplares por todo o mundo.

Segundo o marchand Lélio Cimini, para muitos, leilão ainda é sinônimo de preços exorbitantes. No entanto, ele explica que as galerias também adotam o posicionamento do lance livre, em que os itens começam a ser anunciados por um valor bem baixo. “Para o Grande Leilão de Agosto, por exemplo, 50% do acervo é de lance livre, ou seja, as peças começam a ser leiloadas pelo valor de R$ 20”, completa.

Um dos destaques do pregão, que terá início às 20 horas, é a Mesa Bar Baez assinada pelo designer Sergio Rodrigues, feita exclusivamente para uma cliente da Barra da Tijuca, na década de 70. Outra peça assinada do acervo é a escultura “Oferenda”, de Ceschiatti, conhecido por suas obras icônicas estampadas em espaços como o Palácio da Alvorada, a Praça dos Três Poderes e Palácio dos Arcos, em Brasília, o Memorial da América Latina e a Praça da Sé, em São Paulo.

No segmento de esculturas, há também o par de escultura em bronze representando Cães de Fó, uma relíquia original do Nepal, e a “Dançarina Balinesa” em Lladró, que pertenceu a um embaixador brasileiro.

O que também estará à disposição para arremate e promete causar frisson, principalmente entre os experts em moda, é o centro de mesa Rosenthal assinado pela grife Versace.

Os quadros são uma atração à parte nos leilões. De acordo com o marchand Lélio, as pinturas e serigrafias estão entre os lotes mais valorizados e disputados pelos participantes que, em sua maioria, são apreciadores e conhecedores de arte. Para esta edição do Leilão do Empório das Artes, estarão para arremate: “Carneirinhos”, de Romanelli, “Convento da Penha”, de Roberto Mello, “Flores”, da década de 60 com assinatura de Sansão Pereira, a serigrafia de Mario De La Parra de São João Batista, de Cândido Portinari, datada de 1957, “Drive On/Noturno” de Guilherme Secchin, artista nascido em Cachoeiro de Itapemirim, e o quadro “Crepúsculo”, do pintor capixaba Levino Fânzeres com carimbo do Salão Nacional de Belas Artes de 1951.

Lélio destaca também a importância da exposição do acervo que vai a leilão, realizada geralmente nos seis dias que antecedem a noite do pregão. “É a oportunidade de quem nunca participou de um leilão e não conhece muito sobre arte e antiguidade ter a chance de se informar sobre cada peça”. No Empório das Artes, por exemplo, os itens do acervo estão abertos para visitação entre os dias 14 e 19, das 10h30 às 21h30, sendo no domingo, dia 18, das 14h30 às 20h30, no primeiro piso do Shopping Vitória, na antiga Ricardo Eletro.

 

Serviço

Grande Leilão de Agosto do Empório das Artes com cerca de 240 lotes disponíveis e 50% de lances livres

Data da Exposição: de 14 a 19 de Agosto, das 10h30 às 21h30, sendo no domingo, dia 18, das 14h30 às 20h30.

Entrada franca.

Pregão: 20 de Agosto, às 20h, comandado pelo leiloeiro Mauro César Rocha e Flavia Rocha.

Local: primeiro piso do Shopping Vitória (antiga loja Ricardo Eletro, em frente à Centauro).

COMENTÁRIOS