COLUNAS

VERÃO CHEGANDO: CONFIRA 6 MITOS E VERDADES SOBRE O PROTETOR SOLAR

Mitos e verdades sobre o filro solar - Crédito Jacob Wackerhausen by Istock Images (1)

 

Farmacêutico tira dúvidas sobre fator de proteção, filtro com cor ou sem cor e muitas outras dicas para todo mundo não errar na proteção

Dezembro começou e com o verão praticamente dando às caras, é provável que você já esteja pensando em arrasar com sua roupa de banho, óculos de sol ou chapéu. Mas e o protetor solar? Já escolheu o seu? Alguma vez já questionou sobre o fator de proteção que deveria utilizar, se precisaria reaplicar o produto ou se a opção com cor é realmente a melhor?

É por conta de todas essas dúvidas, que o farmacêutico Márcio Mendes Mello, da Pharmapele Vila Velha, rede de farmácia de manipulação, dermocosméticos e suplementos, tira essas e outras dúvidas comuns de tanta gente. O que não dá é deixar de se proteger, afinal a exposição ao sol provoca o envelhecimento da pele de forma mais rápida, e a longo prazo, pode causar problemas maiores como câncer de pele.

Primeiro passo é você entender o que é FPS do protetor solar. Segundo o farmacêutico, a numeração do Fator de Proteção Solar é referente ao tempo que a pele fica protegida dos raios solares, ou seja, esse número quantifica sua capacidade de ampliar e reforçar a proteção. Por exemplo, com um fator de proteção solar 30, sua pele vai levar 30 vezes mais tempo para ficar vermelha. A Sociedade Brasileira de Dermatologia recomenda o uso de protetores com o FPS de no mínimo 30 FPS.

O farmacêutico ainda alerta: todos os tons de pele precisam de proteção, no entanto, quanto mais clara for a pele, mais sensível ela é e exige cuidados especiais de proteção, por causa da falta de melanina que age como um filtro natural.

Confira alguns mitos e verdades sobre o protetor solar:

MITOS E VERDADES

1. Não é necessário usar protetor solar em dias nublados.

MITO – Se engana quem acha que o uso do protetor solar é dispensável durante os dias nublados. Mais de 60% da radiação solar é capaz de atravessar as nuvens, fazendo com que a emissão do raio UVA, seja constante mesmo em dias nublados. Essa exposição ao sol pode causar envelhecimento precoce, manchas e até câncer de pele. Por isso, antes se sair de casa, aplique o protetor solar no rosto, orelhas e na região do colo. Não esqueça de reaplicar durante o dia.

2. Protetor solar ajuda a prevenir o envelhecimento precoce.

VERDADE – O protetor solar funciona como uma barreira contra os raios solares, que são um dos principais responsáveis pelo envelhecimento precoce. O uso contínuo do produto ajuda a prevenir rugas, manchas e o ressecamento da pele, impedindo a ação dos radicais livres, que envelhecem nosso rosto. 

3. Usar maquiagem com fator de proteção solar ajuda a proteger e cuidar da pele.

VERDADE – Hoje já é possível encontrar opções de maquiagem que além de cobrir imperfeições, também tratam e protegem a pele. Você deve optar por produtos com FPS a partir de 50. É prático demais!

4. O filtro solar com cor protege mais a pele do que o comum.

VERDADE – Além de proteger contra a radiação UVA e UVB, o protetor solar com cor cria uma barreira física também para a luz visível. Os pigmentos presentes no produto, garantem a proteção extra. E mais, ele também serve para cobrir manchas, marcas de acne e disfarçar imperfeições. 

5. Protetor solar causa acne.

MITO – O que pode piorar uma pele acneica é a base oleosa de alguns filtros solares. Por isso, é ideal escolher um protetor solar de qualidade específico para o seu tipo de pele. Os protetores oil free, em gel, gel creme e fluidos são os mais indicados para quem tem a pele oleosa. E atenção, expor a pele ao sol sem protetor solar não vai ajudar a secar a acne ou melhorar a pele. Muito cuidado com esse tipo de informação.

6. Só é necessário reaplicar o protetor se entrarmos na água.

MITO – O filtro solar atua contra os raios solares e não contra a água. Sendo assim, é importante usar e reaplicar o protetor durante todo o dia. O produto é extremamente necessário em situações de longa exposição ao sol e de transpiração constante, como no caso de um dia de verão na praia, piscina ou em uma trilha.

COMENTÁRIOS