COLUNAS

STÉPHANE POMPOUGNAC : O DJ RESIDENTE DA COLEÇÃO HÔTEL COSTES

O Hôtel Costes em Paris é um dos mais badalados do mundo, frequentado por celebridades da moda, cinema, esporte e estrelas da música. No começo dos anos 90, um de seus garçons, Stéphane Pompougnac, começou como Dj, e ganhou destaque nos bares e casas noturnas da cidade. Com a ajuda do destino, Pompougnac conheceu o co-proprietário Jean-Louis Costes, que ofereceu a ele uma posição cobiçada por muitos : DJ residente no famoso Hôtel Costes.

O primeiro disco foi lançado em 1999, mas foi no segundo, “La Suite”, que o trabalho explodiu nas rádios : a canção “Sympathique” com a banda “Pink Martini”, foi utilizada para um comercial na França e ganhou o apreço do público. O CD vendeu mais de 100.000 cópias. Os três primeiros álbuns da coleção chegaram a marca de meio milhão de cópias vendidas. Fazem mais de dez anos que Stéphane Pompougnac pôs de lado as compilações para se concentrar em seus próprios álbuns e criações como músico e DJ.

Além de colaborar com estrelas da música como Mick Jagger, Madonna e o vocalista do R.E.M. Michael Stipe, o DJ e produtor, considerado como um símbolo de elegância francesa, trabalhou junto com as marcas de luxo Gucci e Bulgari. É um DJ residente em Ibiza e ainda exporta sua visão contemporânea para festas fechadas, de Los Angeles a Jakarta, a partir do Festival de Cannes.

Os CDs Hôtel Costes viraram referência para os amantes do Lounge, Chillout, House e outros estilos no cenário da música mundial. O bom gosto do Dj gerou milhares de fãs e seguidores nas redes sociais, além de ter inspirado uma série de outras compilações. O Hôtel Costes Vol. 15 (2011) de Pompougnac, o último produzido por ele para a coleção, é o destaque de hoje na itapema com a faixa que foi tema do comercial da “BMW” 2011 com a banda alemã “Slackwax” em “Close to my Fire”.

COMENTÁRIOS