COLUNAS

SÁBADO (09) COMEÇA MARATONA GRATUITA DE TEATRO COM FESTIVAL NACIONAL DE TEATRO CIDADE DE VITÓRIA

NOS TEMPOS DE GUNGUNHANA

 

 Apresentações gratuitas vão acontecer entre os dias 9 e 14 de novembro, em vários pontos da capital e também em Cariacica

Já está tudo pronto para a segunda etapa do Festival Nacional de Teatro Cidade de Vitória (Fenatevi), que vai acontecer entre os dias 9 e 14 de novembro, em vários pontos da capital e também em Cariacica. Em cena, espetáculos gratuitos abertos ao público de todas as idades.

A maratona teatral recomeçará neste sábado (9), com a apresentação da peça "Simplesmente Cinderela", da Trupe Eu Acho Graça, às 11 horas, na Praça Costa Pereira. Já no domingo (10), o Palácio da Cultura Sônia Cabral, no Centro de Vitória, vai abrir as portas para receber três espetáculos: "Taruíras Mutantes", do grupo Romeu e Julieta, às 16 horas, "Um Recital para Miguel Marvilla", com a talentosa Suely Bispo e "Nos Tempos de Gungunhana", protagonizado pelo ator moçambicano Klemente Tsamba. A montagem, que já esteve em cartaz no Brasil e no exterior, é um conjunto de histórias dentro de uma história, baseada na tradição oral dos contadores de histórias africanos.

A programação teatral segue na segunda-feira (11), com os espetáculos "Palhaços: Patifes ou Herois", do Circo Teatro Capixaba, às 15 horas, na Praça Costa Pereira e "Barulho D'Água", da Companhia Nova de Teatro, de São Paulo, às 20 horas, no Palácio da Cultura Sônia Cabral. Esta montagem narra o drama de milhares de refugiados que, em sua maioria, morrem atravessando o mar Mediterrâneo. É uma crítica àqueles que entendem a imigração como uma mercadoria.

Já na terça-feira (12) o público vai poder conferir a peça "Era solo que me faltava", às 9 horas, na Praça Costa Pereira. A montagem da Lacarta Circo Teatro apresenta o show musical do excêntrico Cachoeira. Nunca satisfeito com sua performance, ele resolve falar de sua experiência repleta de maia ao redor do mundo. Encerrando a programação, na quarta-feira (14) serão apresentadas as peças "A Mulher que matou os peixes", às 15 horas e "Vitor ou Vitrola", às 20 horas, ambas no Centro Cultural Frei Civitella Del Tronto, em Cariacica.

A atriz Beth Caser, idealizadora e coordenadora geral do Fenatevi afirma que não é fácil realizar um evento deste porte, pois, acreditar na criação artística em nosso Brasil é uma espécie de sacerdócio. "Muitas vezes nos submetemos a situações e imposições que julgamos lamentáveis, mas sabemos que entre cada sonho existe um dia a ser vencido", declara. E a artista destaca que, justamente por saber que a realidade atual do país é outra, é necessário continuar acreditando e criando. "As impossibilidades não podem nos calar. Mas nas artes, como na vida, não existem certeza alguma. Com ou sem leis de incentivo, o teatro se mantém vivo. E este Festival viverá", ressalta.

Serviço
Festival Nacional de Teatro Cidade de Vitória (Fenatevi)
Data: 9 a 14/11
Classificação livre
Informações: 3222-0869 | 996980869 (Whats'App)

Programação:

9/11 (sábado), às 11h

Espetáculo: Simplesmente Cinderela

Local: Praça Costa Pereira

 

10/11 (domingo), às 16h

Espetáculo: Taruíras Mutantes

Local: Palácio da Cultura Sônia Cabral

 

10/11 (domingo), às 19h

Espetáculo: "Um Recital Para Miguel Marvilla"

Local: Palácio da Cultura Sônia Cabral

 

10/11 (domingo), às 20h

Espetáculo: "Nos tempos de Gungunhana"

Local: Palácio da Cultura Sônia Cabral

 

11/11 (segunda-feira), às 15h

Espetáculo: Palhaços: Patifes ou Heróis?

Local: Praça Costa Pereira

 

11/11 (segunda-feira), às 20h

Espetáculo: Barulho D'água

Local: Palácio da Cultura Sônia Cabral

 

12/11 (terça-feira), às 9h

Espetáculo: "Era Solo Que Me Faltava"

Local: Praça Costa Pereira

 

13/11 (quarta-feira), às 12h

Espetáculo: "Cartas para você " e "Sereia"

Local: Praça Costa Pereira

 

14/11 (quinta-feira), às 15h

Espetáculo:  "A Mulher que matou os eixes!!?"

Local: Centro Cultural Frei Civitella Del Tronto

 

 

14/11 (quinta-feira), às 20h

Espetáculo: "Vitor ou Vitrola"

Local: Centro Cultural Frei Civitella Del Tronto

 

COMENTÁRIOS