COLUNAS

PROCURA POR HARMONIZAÇÃO FACIAL CONTINUA

Harmonização facial - crédito Istock by Gettyimages

 

            Com o uso obrigatório das máscaras por conta da pandemia do Coronavírus, muitas pessoas têm notado mais o seu rosto, seja por conta de marcas de expressão, rugas ao redor dos olhos e até o formato do rosto em si, e estão sentindo-se insatisfeitas.

            De acordo com o cirurgião plástico Humberto Pinto, a harmonização facial é indicada neste caso para melhorar um pouco a aparência do rosto. "Homens e mulheres que querem promover um alinhamento e correção da face, além de preenchimento de rugas podem procurar por esta técnica", sugere o cirurgião, em que se dispõe de diversos tratamentos como toxina botulínica, ácido hialurônico e fios de PDO. No ano passado, em relatório publicado pela Sociedade Internacional de Cirurgia Plástica, o Brasil ficou em segundo lugar no ranking  de procedimentos estéticos no mundo todo, atrás apenas dos Estados Unidos.

            Antes de realizar a harmonização, é importante que o paciente se informe sobre o procedimento e todos os riscos relacionados à técnica. "É muito importante que a harmonização fácil seja realizada por um cirurgião plástico ou um dermatologista", afirma. "Este procedimento é excelente quando bem indicado, mas a realização por profissionais não médicos leva a uma banalização perigosa, principalmente neste momento que estamos vivendo, pois as possíveis compilações somente os médicos estão habilitados a tratarem", completa  Humberto Pinto. 

Humberto Pinto

COMENTÁRIOS