COLUNAS

MOSQUITEIRO VOLTA À CENA: MUITO ALÉM DE TENDÊNCIA, PROTEÇÃO CONTRA O AEDES AEGYPTI

  

Novas telas mais modernas impedem a entrada do Aedes aegypti e até de 95% da poeira externa que chega ao ambiente interno 

A proteção contra mosquitos e insetos ainda se faz necessária em muitas residências, ainda mais com os dados alarmantes do aumento dos casos de dengue no Espírito Santo. Mas muito além de repelente, inseticidas e outros produtos químicos, uma alternativa, que não agride o meio ambiente ou mesmo a saúde das pessoas, são os mosquiteiros. E eles estão de volta mais modernos, tecnológicos e eficientes, graças às recentes pesquisas.

Segundo a empresária Roberta Drummond, da loja Innovare Esquadrias, que acaba de trazer com exclusividade para Vitória a linha de mosquiteiros da marca italiana Bettio do Brasil, referência no assunto, antes considerado um acessório que desvalorizava a decoração da casa, hoje os mosquiteiros estão quase imperceptíveis e não prejudicam a decoração da casa. “São diferentes opões para portas e janelas. São feitos sob medida, ou seja, podem ser inseridos em qualquer ambiente, além de fácil manutenção e limpeza. Um investimento para proteger a família dos mosquitos, insetos e da poeira.

Totalmente flexíveis e de design contemporâneo, com rolagem lateral ou vertical, o mosquiteiro possui inovador sistema de fixação, as telas não demandam nenhum acessório adicional de instalação. Seu exclusivo sistema magnético (patenteado pela Bettio) em contato com a esquadria, rende aderência perfeita. Confeccionada com matéria prima de alta qualidade, possui vida útil longa. As telas são praticamente imperceptíveis e não alteram a fachada externa de residências e prédios. Alguns ainda possuem a função de reter em até 95% da poeira externa que chega ao ambiente interno, sem obstruir a ventilação.

Casos de dengue no país e no ES

Segundo dados do Ministério da Saúde, houve um aumento de 264,1% dos casos de dengue em todo país. E o Espírito Santo é um dos estados em alerta com aumento da incidência da doença, já que no Estado os casos são superiores a 303,9 para cada 100 mil habitantes, o que representa um alerta amarelo. Os dados ainda mostram que o número de casos de dengue no estado do Espírito Santo teve aumento de 501% em comparação com o mesmo período do ano passado. Até o dia 16 de março deste ano, o estado notificou 8.838 casos da doença. No mesmo período de 2018, foram 1.470 casos. O sistema de vigilância de estados e municípios e toda a população devem reforçar os cuidados para combater o Aedes aegypti, mosquito transmissor da dengue, zika e chikungunya.

Innovare – Solução em esquadrias de PVC (revenda da Claris, do grupo Tigre), e também representante exclusiva da marca Italiana Bettio do Brasil

Av. Rio Branco, Shopping Rio Branco, 2º piso, Loja 29. Praia do Canto, Vitória-ES. Telefone: 27 3224-0212.

 

COMENTÁRIOS