COLUNAS

JANEIRO BRANCO: PSICÓLOGA ALERTA PARA OS CUIDADOS COM A SAÚDE MENTAL

80% da população reportou sintomas moderados a graves de ansiedade e 68%, depressão, segundo pesquisa - crédito Pixabay

 

Campanha nacional chama a atenção da população sobre o elevado aumento de brasileiros com doenças como ansiedade e depressão

A campanha Janeiro Branco, celebrada anualmente no primeiro mês do ano, tem como principal objetivo levantar discussões sobre saúde mental. O movimento convida as pessoas a refletirem sobre suas vidas, a qualidade dos relacionamentos e incentiva o debate sobre o tema em todos os espaços. Devido ao cenário de pandemia, especialistas alertam para o elevado número de brasileiros que desenvolveram doenças relacionadas a má qualidade da saúde mental: 80% da população reportou sintomas moderados a graves de ansiedade e 68%, depressão, segundo uma pesquisa realizada pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). O estudo também apontou que 50% dos brasileiros tiveram alteração no sono e 65% relataram aumento do sentimento de raiva. 

Gabriela Simmer, psicóloga da Medquimheo, destaca que cuidar da saúde mental é tão importante quanto os cuidados com a saúde física. "A campanha deste mês deve mostrar para as pessoas que cuidar da mente não é frescura e, sim, uma prática para manter o corpo saudável. É muito importante que a população entenda a gravidade das doenças, como ansiedade e depressão, que estão cada vez mais frequentes. Mente e corpo são completamente interligados, por isso, quando os níveis de ansiedade estão muito elevados, é comum a pessoa também sofrer de tensão, dores de cabeça, dores musculares, problemas gástricos e digestivos, além das questões emocionais, como falta de concentração, insônia, falta de memória, irritabilidade e instabilidade do humor", explica a especialista. 

Como cuidar da saúde mental? 

Ainda de acordo com a psicóloga, a adoção de bons hábitos pode ajudar na melhora  dos quadros de ansiedade e depressão, além de promover mais bem-estar físico e emocional. "Para cuidar da sua saúde mental é preciso fazer acompanhamento psicológico e buscar se envolver em atividades que geram bem-estar. É importante também fazer atividade física regular e evitar consumo excessivo de notícias de fontes não confiáveis. Além disso, práticas alternativas como meditação e yoga podem contribuir para o enfrentamento de situações estressoras", orienta.

COMENTÁRIOS