COLUNAS

DICAS DE PROTEÍNAS PARA SUBSTITUÍREM A CARNE

Dicas de proteínas para substituir a carne - Crédito foto Shutterstock

 

Endocrinologista lista alguns alimentos

Com o aumento do preço da carne, a população brasileira tem tentando achar alternativas para driblar o alto custo do alimento e substituí-la. Fato é que a proteína é muito importante para a alimentação, como explica a endocrinologista Gisele Lorenzoni: "As proteínas são fundamentais para a manutenção dos tecidos e contribuem com a formação dos músculos, elas também transportam e melhoram o sistema imunológico, além de ser fonte de energia", destaca.

Assim, a médica listou alguns alimentos que são compostos com proteína e que podem auxiliar quem precisa diminuir o consumo de carne vermelha, mas não ficar sem o macronutriente.

Os ovos são os mais conhecidos e o que não falta mais na mesa dos brasileiros. "Os ovos têm alto valor biológico, com aminoácidos essenciais. Em cada ovo contamos com cinco gramas de proteína", afirma a endocrinologista.  "O bom é que dá para usar a imaginação e prepará-lo em várias versões, como cozido, mexido, frito, além de omeletes", ressalta.

Gisele Lorenzoni, endocrinologista- Crédito Gustavo Forattini

Os peixes também são fonte de proteína e menos calóricos. "Além disso, ele tem ômega 3, que possui ação anti-inflamatória no organismo", destaca.

As oleaginosas como amêndoas, castanhas, avelãs também são fontes de proteínas, e ainda regulam o intestino e previnem doenças cardiovasculares. "O ideal é consumir de três a quatro por dia, porque elas são muito calóricas. Outro item nesta gama de grãos são a quinoa, que tem proteína vegetal e pode substituir o arroz e também ser complemento de saladas, sopas e pães", afirma. Já o grão de bico é uma leguminosa rica em proteína, fibra, vitamina.  De acordo com Gisele, em 100 gramas contamos com 7,53g proteína. "Já a lentilha pode substituir o feijão e também é fonte de proteínas e vitaminas, aliás, todos os feijões apresentam proteínas vegetais e o bom é que ele faz parte da tradição brasileira.", destaca a médica.

Outra questão, é que algumas pessoas que já optaram por deixar de comer carne vermelha e procuram alimentos para substituírem, podem optar por esses dos grãos e também pela soja, que pode ser encontrada em queijos vegetais e tofu e, ainda, leite e derivados, como iogurtes, queijos que contribuem para obtenção da proteína do dia a dia. 

 

texto por Christini Ziviani - Criar Comunicação Integrada

COMENTÁRIOS